Notícias

Votação para liber o Uber na cidade de São Paulo é adiada novamente

Deputados adiaram a votação

A votação para liberação do Uber na cidade de São Paulo foi adiada novamente,  o projeto de Lei 421, de 2015 que iria regulamentar o serviço de ‘táxis’ individuais acabou ganhando uma nova data para votação. Segundo as informações a Câmera não obteve quórum suficiente para que levanta-se informações sobre o assunto.

A Câmera deverá apresentar um novo dia para que haja essa votação porém, isso só está previsto para a próxima terça-feira (03).

Durante toda a sessão de hoje, centenas de taxistas ficaram concentrados em frente à Câmara Municipal protestando contra o projeto de lei. Os taxistas interromperam o trânsito no Viaduto Jacareí, em frente à Câmara, soltaram rojões e fizeram buzinaços para chamar a atenção dos vereadores que estavam em plenário apreciando o projeto de lei. Alguns dos rojões atingiram janelas do prédio da Câmara, que teve, ao menos, uma vidraça quebrada.

“É possível você chegar ao final do ano sem taxista em São Paulo se você não tiver regulação. Acho que o risco é maior de você não deliberar, e portanto não impôr regras para a cidade. É possível chegar em outubro, na eleição, sem nenhum taxista funcionando, e mais 80, 90 mil carros em circulação [via aplicativo] porque hoje não há controle nenhum dos ingressos de carros que usam aplicativos”, disse José Pólice Neto.

Fonte: Agência Brasil

Recente

Topo