Notícias

Vivo: Usuários da Netflix e YouTube terão que pagar mais pela internet

Isso ainda vai dar o que falar

Durante uma conversa Christian Gebara, executivo da Telefônica/Vivo também responsável pela compra da GVT, concedeu uma entrevista ao site Tecnoblog e comentou também sobre essa nova ‘lei’ no uso da internet fixa que está dando o que falar.

Perguntado sobre como esse limite no uso afeta os usuários, Gebara disse que apenas “uma porcentagem muito baixa” dos usuários será prejudicada, enquanto aqueles que fazem uso leve – nas palavras do executivo, “e-mails e navegação” – serão beneficiados. “Quem faz uso de streaming de vídeos, Netflix por exemplo, naturalmente terá que pagar mais”, afirmou.

Complementando o texto Gebara disse, “a ideia é que o consumo seja como uma conta de luz, onde o cliente pagará apenas o que precisar”. O executivo também diz que a adoção de limite de dados em internet fixa, sob pena de corte de conexão, é uma tendência mundial e”um caminho sem volta”.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo