Notícias

Twitter, Facebook e Google se unem contra racismo na internet

facebook-twitter-and-google

 A crise humanitária na Síria e com a chegada de centenas de milhares de seus cidadãos para a Alemanha em busca de asilo tem gerado uma onda de racismo na Internet. Esta ação tem despertado a preocupação das autoridades deste país que finalmente chegaram a um acordo para o Facebook, Twitter e Google remover quaisquer mensagens desse tipo.

Conforme relatado pela Reuters, as empresas eliminar essas mensagens de ódio em 24 horas em um movimento sem precedentes que vem como resultado de consentimento alemão para receber quase um milhão de refugiados.

“Quando os limites da liberdade de expressão são superadas quando se trata de expressões criminais, sedição, incitamento à realização de crimes contra as pessoas, o conteúdo deve ser removido da rede”, disse Heiko Maas, Ministro justiça alemã, de acordo com a fonte escreveu.

No mês passado, a Alemanha lançou uma investigação sobre a sede européia do Facebook, alegadamente porque ele não estava fazendo nada contra o racista implantados na rede. De acordo com a agência de notícias, o Facebook disse que tais alegações são sem mérito, o que faz acompanhamento dos comentários e irá incentivar os usuários a denunciar o racismo.

Apesar de alguma ajuda anti-humanitária às reações sírias, existem várias organizações de toda a Europa ajudando essas pessoas através de smartphones e uma linha de acesso Wi-Fi em áreas de conflito.

tec19

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo