Notícias

Terroristas do atentado em Paris agiram sem deixar rastros virtuais; entenda

Terroristas agiram com cautela

Os terroristas acusados de planejar e colocar em prática o atentado a Paris foram cautelosos ao utilizar a internet antes do ato que deixou 130 pessoas mortas em novembro do ano passado na capital francesa.

Segundo informações dos investigadores, os membros do Estado Islâmico utilizaram smartphones novos ou roubados de reféns para acessar à internet e fazer ligações que tivessem conversas relacionadas ao ataque.

Um relatório policial de 55 páginas obtido pelo jornal norte-americano The New York Times denuncia tal ato. O documento detalha as evidências encontradas desde o começo das investigações, como o uso de ferramentas de comunicação por parte dos acusados.

FONTE – The New York Times

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo