Aplicativos

Streaming de músicas Rdio decreta falência após 5 anos no ar

Quem é brasileiro sabe o quanto já faz tempo que o Rdio, streaming de música, foi um dos primeiros a chegarem por lá. Entretanto, o sucesso e a tendência no número de usuários que adotaram aos serviços ficaram chamativas, até que outros mais famosos vieram ao Brasil, de modo que seguisse ao que acontece no mundo inteiro. A prova é tanta que começou a existir streamings novos no mercado, como TIDAL e o YouTube Red, de modo que tire uma parcela do público que só tende a crescer.

Assim então que o Rdio, foi ficando por trás e acabou que, na última segunda-feira (16), anunciou seu pedido de falência e o fim de todas as suas atividades. Entretanto, o Pandora, famoso em mercados americanos, comprou suas atividades operacionais e tirará parte da parcela que os 80 países que o antigo sistema começa a abranger, e estará para competir com famosos como o Spotify e o Deezer, que já retiram parte do público no setor.

Isso vai acelerar o plano da empresa de oferecer aos fãs um maior controle sobre a música que eles amam, fortalecendo a posição do Pandora como a fonte definitiva de música. A empresa espera oferecer uma maior experiência até o final de 2016 […] Estou satisfeito que muitos membros da equipe Rdio continuarão a moldar o futuro do streaming de música, aplicando nossa tradição de excelente design e engenharia inovadora em um palco ainda maior com o Pandora”, diz o comunicado.

Ele não aguentou a pressão e acabou saindo do mercado.

Ele não aguentou a pressão e acabou saindo do mercado.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo