Celular

Sony e Xiaomi mudam de estratégia no mercado brasileiro

Xiaomi não vai trazer novos modelos tão cedo, e a Sony só vai importar seus smartphones

As duas empresas Xiaomi e Sony adotaram uma nova estratégia no mercado brasileiro. Segundo a Xiaomi, a empresa não tem nenhum plano de lançar novos smartphone no Brasil, já a Sony destaca que seus smartphones não serão mais fabricados no Brasil.

A Xiaomi culpa as constantes regras do Brasil de fabricação e tribulação. “Com as mudanças constantes nas regras de fabricação e na tributação para as vendas via e-commerce no Brasil no final de 2015 e que ainda não estão solidificadas, a Xiaomi optou então por não fazer novos lançamentos no país no curto prazo”, destaca a Xiaomi.

Já a fabricante Sony, destaca o fim da lei do bem, que diminuiria os tributos de computadores e smartphones. “A lei do bem foi suspensa e só temos produtos acima de R$ 1,8 mil, então decidimos importar esses modelos”. “Quando a gente fabrica aqui, o tempo para eu reagir à demanda aumentada. Por exemplo, demora mais para aumentar minha oferta do que quando ela é importada”, destaca a Sony.

 

Fonte: G1    

Recente

Topo