Celular

Smartphone modular do Google perde seu principal diferencial

modelar
Principal diferencial acaba sendo esquecido

O smartphone do Google titulado como modular e com o codinome de Project Ara, está conseguindo se tornar um realidade cada vez mais rápido. A principal ideia inicialmente era que o aparelho fosse sempre atualizado e que para isso fosse trocado apenas alguns bloquinhos.

Assim o usuário poderia trocar, processador, câmera, memória em que o aparelho disponibiliza e entre outros pontos fazendo a troca apenas de um bloco, ou seja, um aparelho moldável.

O que era para ser diferente dos demais acabou caindo na mesma e velha versão, o aparelho já vem com suas configurações moldáveis como: memória RAM, processador, GPU, antena, tela e bateria já estão embutidas no corpo, aquela opção de trocar o ‘bloquinho’ acabou sendo apenas palavras.

O Google afirma que o principal motivo para deixar essa deia no esquecimento, foi que os usuários não estão procurando modelar seus aparelhos e sim sempre trocar, um dos maiores motivos é que a pessoa acaba enjoando do aparelho e necessita de outro para suprir suas necessidades.

Fonte: Ars Technica

Recente

Topo