Seu smartphone molhou? Não se preocupe, há uma solução! 0 9

O que você faz quando seu smartphone molha seja ela no mar, ou mesmo ao cair em um vaso sanitário? Existem maneiras criadas por pessoas para solucionar tal situação, a mais comum é o arroz! Ora, digamos que o arroz seja quase um “ditado popular”. Há ainda, aqueles que “o arroz é a solução para qualquer tipo de defeito no aparelho celular”, bateria queimou? Coloca no arroz! Tela trincou? Vai pro arroz! Problema no software? ARROZ! Mas vocês sabem que ao colocar o smatphone molhado no arroz, a margem de erro é altíssima, ou seja, não irá garantir que seu aparelho volte a funcionar. Lembrando ainda, que o processo de absorção da água pode levar até três dias (É sentar e esperar). Nisso, muitas pessoas acabam optando em comprar outro celular.

Pensando nisso, uma empresa norte-americana em soluções tecnológicas decidiu criar uma máquina especial de “secagem” para smatphones, onde os clientes que molharam seus telefones, pagam em torno de Us $ 70 dólares para utilizar a máquina que por sua vez, suga a água para fora através de uma câmera de vácuo. Esse processo pode durar cerca de 30 minutos, caso o método não funcione a empresa não cobra pelo uso da máquina, ou seja, se não funcionar seu celular provavelmente estará com algum outro defeito.

635545619028610267-635538292267910263-Photo-Dec-10-3-24-35-PM
                                                         TekDry em sua máquina de secagem. (Foto: Reprodução)

Atualmente, empresas estão driblando tal situação com a fabricação de celulares resistente a água, por exemplo, os novos iPhones 6s utilizam recursos que impedem a entrada de água. Recentemente, foram feitos testes para ver se a resistência água era verídica, e a confirmação foi exata logo, se teu iPhone cair em um vaso sanitário, não se preocupe! Porém, ao pular em uma piscina com o aparelho, a tela do aparelho não resistiu e acabou acumulando água. Outras marca utilizam do recurso de resistir a água como, a Sony.

WetIphone_01
                                                                       iPhone em teste de resistência a água. (Foto: Reprodução)

A TekDry, além de secar aparelhos telefônicos secam também, tablets, laptops de até 13 polegadas, câmeras e dispositivos portáteis. Porém, a empresa não tem filiais aqui no Brasil (Para à tristeza de todos), atualmente ela funciona no Colorado , Michigan, e New Hampshire, e em outubro ela irá adicionar mais 80 filiais na Califórnia, Nova York, Filadélfia e na região metropolitana de Boston.

Enquanto a “máquina de secagem” não chega no Brasil, o jeito é apelar para o bom e velho arroz.

dt.common.streams.StreamServer
                                                                                     Smartphone no arroz. (Foto: Reprodução)

 

Previous ArticleNext Article
Diego Rafael, criador do site ATUTEC, fundou o site em 2015 com propósito de informar o leitor das atualidades tecnológicas.E-mail: [email protected] Telefone: (47) 8809-7980

Comentar

Mastercard e Cabify oficializam parceria em Porto Alegre 0 325

A Cabify, plataforma focada em soluções inteligentes de mobilidade urbana, e a Mastercard anunciam mais uma parceria para oferecer descontos e também realiza ações de marketing em Porto Alegre (RS). Desta vez, o foco será o jogo de abertura das Eliminatórias da Copa do mundo 2018. O primeiro jogo acontece no dia 31 de agosto (quinta-feira) com a partida Brasil X Equador, na Arena do Grêmio.

Os motoristas parceiros da Cabify rodarão com os carros adesivados com os logos da plataforma e da Mastercard até dia 01/09. A campanha conta ainda com um código especial GOLDEPLACAMASTERCARD que permitirá 25% OFF, com desconto máximo de R$ 15, para até 10 corridas aos usuários de Porto Alegre que utilizam cartão Mastercard como método de pagamento. A ação é válida para corridas finalizadas até as 7 horas da manhã do dia 1 de setembro.

“A parceria entre a Cabify e a Mastercard trouxe resultados surpreendentes, por isso, retomamos a ação de forma estratégica para prover aos usuários da plataforma mobilidade nas viagens para os jogos das eliminatórias com conforto, segurança e praticidade na hora do pagamento, beneficiando tanto o motorista parceiro quanto o usuário”, afirma Nicolas Cañas, General Manager da Cabify em Porto Alegre.

A plataforma destaca-se pelo rígido processo de cadastramento dos motoristas parceiros, que inclui exames psicotécnicos e toxicológicos, e a exigência de carros novos, com ano a partir de 2012. Para garantir a qualidade de seu serviço, a empresa realiza palestras informativas com seus novos motoristas parceiros, onde orienta a respeito de legislação, direção segura e técnicas de atendimento para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível ao se deslocarem de um ponto a outro com a plataforma. Já no quesito segurança a Cabify também se posiciona de maneira forte ao aceitar pagamentos apenas por meio de cartão de crédito e PayPal.

A Cabify opera, atualmente, em sete cidades do Estado de São Paulo – São Paulo, Campinas, Santos, São Vicente, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santo André – e também em outras cinco capitais – Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).