Celular

‘Não deve ser considerada um downgrade’ diz Lenovo em nota sobre o Moto Z brasileiro

moto z vendido no brasil será diferente

A Lenovo apresentou mais um grande lançamento há pouco tempo atrás, trata-se do novo modelo Moto Z, porém a empresa acabou decepcionando alguns compradores aqui do Brasil, isso por que a empresa irá vender um smartphone aqui diferente do que será vendido em todo o mundo.

Essa notícia acabou caindo como uma bomba para os viciados em smartphones, mas a empresa acabou tentando explicar o por que desta mudança.

Moto Z Droid Edition que será comercializado nos Estados Unidos possui pequenas variações em relação ao dos demais países do mundo, incluindo o Brasil. Entre estas diferenças, estão o suporte a funcionalidades específicas da rede da operadora americana, que não são suportadas aqui, bem como a velocidade máxima de operação do processador.’

‘Esta diferença, no entanto, não deve ser considerada um downgrade, uma vez que a velocidade do processador é um valor máximo que os núcleos podem rodar, e que somente é utilizado em situações específicas e de uso intenso.’

‘Na grande maioria do uso normal de um aparelho, as velocidades de operação são inferiores ao valor máximo, não havendo diferença entre os dois processadores neste item. Outro fator que deve ser considerado é que o desempenho do aparelho depende de diversos outros elementos, como GPU, taxa de transferência da rede conectada, entre outros. Por esta razão, a medida de desempenho no uso do aparelho não deve levar em consideração apenas a velocidade máxima do processador.’ Disse a nota da Lenovo sobre o aparelho.

O Moto Z chegará ao Brasil em meados de setembro.

Lenovo comenta sobre o Moto Z (Foto:Reprodução)

Lenovo comenta sobre o Moto Z (Foto:Reprodução)

Fonte: TechTudo

Recente

Topo