Notícias

Médico brasileiro quer ser o primeiro a imprimir um coração 3D

Screenshot_2016-04-02-12-23-24_1_1
Projeto demorará cerca de 15 anos

Gabriel Liguori, médico brasileiro, tem uma meta de vida: com 26 anos e bolsista de doutorado pela Fundação Estudar na Universidade de Groningen, ele deseja o primeiro do Brasil — e talvez do mundo — a imprimir um coração bioartificial em 3D e efetuar um transplante com sucesso em um paciente.

“Traduzindo, meu objetivo é construir tecidos para serem utilizados durante a cirurgia cardíaca, como vasos e valvas, com as células-tronco do próprio paciente”, explica ele em entrevista.

Gabriel tem interesse especial pela promessa da impressão 3D em plástico e com biomaterial para criar uma estrutura de tecidos complexos ou órgãos inteiros. Apesar de acreditar que ainda demorará cerca de 15 anos para o feito, ele crê no avanço tecnológico também.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo