Notícias

Juíza explica a medida de bloquear o WhatsApp e hackers invadem site da justiça do Rio

anonymous
Anonymous se manifestou contra bloqueio do whatsapp

A juíza da comarca de Duque de Caxias, em RJ, Daniela Barbosa de Souza, decidiu que o WhatsApp teria que ficar bloqueado em todo o Brasil – e assim aconteceu. A partir das 14h da tarde desta terça-feira, dia 19 de julho, o mensageiro começou a ser bloqueado por todas as operadoras de telefonia do país.

Agora, a juíza resolveu explicar a medida, dizendo que o Facebook, dono do WhatsApp, não quis liberar dados de usuários para uma investigação policial, e ainda foi ‘desrespeitoso’: “A referida empresa respondeu através de e-mail redigido em inglês, como se esta fosse a língua oficial deste país, em total desprezo às leis nacionais, inclusive porque se trata de empresa que possui estabelecida filial no Brasil e, portanto, sujeita às leis e à língua nacional, tratando o país como uma ‘republiqueta’ com a qual parece estar acostumada a tratar”, disse.

Em resposta, o coletivo de hackers Anonymous sobrecarregou o site da página do TJ-RJ (Tribunal de Justiça) com um ataque DDoS. Tal ataque é como se a página em questão estivesse sendo acessada por milhões de PC’s, e desta forma os servidores não suportam e o site sai do ar.

Fonte: Olhar Digital

Recente

Topo