Notícias

Jornal detona estratégia de Dilma Rousseff para continuar no poder

Confira o texto do jornal

A semana “começou começando” no Brasil. Já na manhã desta segunda-feira, dia 9 de maio, Waldir Maranhão, o presidente interino da Câmara dos Deputados durante a suspensão de Eduardo Cunha, anulou a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa.

A mídia está “chocada” com tal notícia, as redes sociais estão paradas, o dólar disparou, a moeda brasileira caiu significativamente, e para alfinetar ainda mais, o maior jornal do país, a “Folha de S. Paulo” criticou a estratégia petista para continuar no poder:

Desespero de Dilma ultrapassa limite

Se vende a imagem de que sairia “lutando” e “com dignidade”, conforme seus assessores espalharam à medida em que seu afastamento se tornou inexorável, Dilma Rousseff apelou a uma farsa perigosa em sua última tentativa de manter-se na cadeira.

Usar o inacreditável Waldir Maranhão como marionete de uma artimanha jurídica que parece ter curtíssima validade e alto poder de disrupção demonstra que o desespero da petista ultrapassou o limite do direito ao esperneio”. 

Folha de S. Paulo

Recente

Topo