Notícias

FBI deve piorar as violações a privacidade, diz executivo da Apple

FBI e Apple continuam em um polêmico debate

Caso o FBI consiga vencer seu debate contra a Apple no caso do iPhone San Bernardino, as consequências serão enormes e vividas por empresas de tecnologia e cidadãos norte-americanos igualmente.

Para Eddy Cue, o VP sênior da Apple de software internet e serviço, em entrevista concedida ao site espanhol Univision, uma vitória para a agência do governo poderia significar que a vigilância poderia atingir um nível totalmente novo.

“Quando eles podem nos levar a criar um novo sistema para fazer coisas novas, onde ele vai parar? Um dia, o FBI pode querer abrir a câmara do nosso telefone ou nosso microfone. Essas são coisas que não podemos fazer agora. Mas se eles podem nos forçar a fazer isso, eu acho que isso é muito ruim. Isso não deveria acontecer neste país”, indagou ele.

Cue continuou: “O que eles querem é lhes dar uma chave para a porta dos fundos de sua casa, e não temos a chave. Uma vez que não tem a chave, eles querem que mudemos a fechadura. Quando alterar a chave principal, ele muda para todos. E nós temos uma chave que abre todos os telefones. E essa chave, uma vez que existe, existe não só para nós, mas também para terroristas, criminosos, piratas, todo mundo vai encontrar a chave para abrir todos os telefones”.

A Apple está com o apoio de grandes empresas de tecnologia no caso legal, incluindo os rivais da Microsoft e da Google. As companhias planejam a apresentação de um amicus conjunta apoiando a fabricante do iPhone em seu próximo julgamento.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo