Notícias

Estado Islâmico pretende atacar o Brasil durante os Jogos Olímpicos no Rio

İD_bayrağı_ile_bir_militan
PF acabou prendendo brasileiros envolvidos com esse caso

Nesta amanhã (21), a Polícia Federal conseguiu prender os envolvidos com Estado Islâmico no Brasil para atacar as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Esse grupo se comunicava no Telegram e no WhatsApp para marcas todos os detalhes do atentado que estava previsto para acontecer aqui no Brasil em agosto.

O grande motivo desses grupos de terroristas utilizarem o WhatsApp e Telegram, são porque os dois aplicativos são totalmente criptografados, assim ninguém nem mesmo os responsáveis pelo aplicativo podem ter acesso a qualquer conversa.

O ministro da justiça disse que não iria revelar de forma alguma como conseguiu a interceptação de informações para esse tipo de aplicativo, o pedido da justiça era um mandato de apreensão de 12 pessoas. Até o momento apenas 10 dos envolvidos estão presos ou seja, ainda faltam mais dois a serem capturados.

“Houve um primeiro contato com o Estado Islâmico, houve um juramento… Na sequência, houve uma série de atos preparatórios. Depois, esse grupo passou a entender que, com as Olimpíadas, o Brasil poderia se tornar um alvo”, declarou Moraes.

Um dos presos ainda declarou que manteve contato com um site do Paraguai para conseguir comprar um  fuzil AK47, além disso durante a espionagem da PF, eles também descobriram que todos comemoram o ataque que aconteceu em Nice na França.

O grande medo da população agora é enfrentar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, muitos acabaram desistindo de assistir os jogos ao vivo e vão acabar ficando em casa, principalmente pela falta de segurança que é vista no Brasil. Existem grandes reforços para esse evento que chega ao Rio de Janeiro, mas o medo da população ainda é constante.

Recente

Topo