Empresa Xiaomi pretende entrar no setor de computadores 0 7

Com a finalidade de no próximo ano entrar no setor de computadores, a empresa Chinesa, Xiaomi contratou um especialista no assunto para entrar com força total no mercado de computadores.

Esse especialista trata-se de um executivo que era Sênior oficial da parte de computadores da também empresa chinesa, Lenovo (Maior fabricante de computadores do mundo. O nome desse executivo não foi revelado mas sabe-se que ele era de extrema importância na administração da Lenovo e que tomava as decisões mais importantes quanto ao rumo que a empresa deveria tomar.

A empresa Xiaomi aparece no Top5 mundial
A empresa Xiaomi aparece no Top5 mundial

Mas a empresa sabe que talvez essa não seja uma boa ideia, já que as vendas de smartphones e tablets vem crescendo muito, o que vem derrubando a venda dos computadores. Mas pelo visto, esse é um risco que a empresa chinesa pretende passar.

Ainda não se sabe qual será o sistema operacional que será utilizado nos computadores da Xiaomi, se será o Linux ou até mesmo uma personalização que a empresa faz no Android, a MIUI. No finalzinho do ano passado, foi divulgada uma foto pelo site GizmoChina, de um possível computador portátil fabricado pela Xiaomi, o aparelho tem até o logotipo da companhia.

Possível computador portátil fabricado pela Xiaomi
Possível computador portátil fabricado pela Xiaomi

A Xiaomi é a terceira maior distribuidora de smartphones do undo, projetando, desenvolvendo e vendendo celulares, aplicativos móveis e eletrônicos de consumo. O seu primeiro smartphone foi lançado no mês de agosto de 2011. Em 2014, a empresa chinesa vendeu mais de 60 milhões de telefones celulares. Aqui no Brasil, a empresa chegou recentemente, mais precisamente no dia 29 de junho de 2015, ou seja, faz pouco mais de três meses.

Previous ArticleNext Article
Diego Rafael, criador do site ATUTEC, fundou o site em 2015 com propósito de informar o leitor das atualidades tecnológicas.E-mail: [email protected] Telefone: (47) 8809-7980

Comentar

Mastercard e Cabify oficializam parceria em Porto Alegre 0 325

A Cabify, plataforma focada em soluções inteligentes de mobilidade urbana, e a Mastercard anunciam mais uma parceria para oferecer descontos e também realiza ações de marketing em Porto Alegre (RS). Desta vez, o foco será o jogo de abertura das Eliminatórias da Copa do mundo 2018. O primeiro jogo acontece no dia 31 de agosto (quinta-feira) com a partida Brasil X Equador, na Arena do Grêmio.

Os motoristas parceiros da Cabify rodarão com os carros adesivados com os logos da plataforma e da Mastercard até dia 01/09. A campanha conta ainda com um código especial GOLDEPLACAMASTERCARD que permitirá 25% OFF, com desconto máximo de R$ 15, para até 10 corridas aos usuários de Porto Alegre que utilizam cartão Mastercard como método de pagamento. A ação é válida para corridas finalizadas até as 7 horas da manhã do dia 1 de setembro.

“A parceria entre a Cabify e a Mastercard trouxe resultados surpreendentes, por isso, retomamos a ação de forma estratégica para prover aos usuários da plataforma mobilidade nas viagens para os jogos das eliminatórias com conforto, segurança e praticidade na hora do pagamento, beneficiando tanto o motorista parceiro quanto o usuário”, afirma Nicolas Cañas, General Manager da Cabify em Porto Alegre.

A plataforma destaca-se pelo rígido processo de cadastramento dos motoristas parceiros, que inclui exames psicotécnicos e toxicológicos, e a exigência de carros novos, com ano a partir de 2012. Para garantir a qualidade de seu serviço, a empresa realiza palestras informativas com seus novos motoristas parceiros, onde orienta a respeito de legislação, direção segura e técnicas de atendimento para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível ao se deslocarem de um ponto a outro com a plataforma. Já no quesito segurança a Cabify também se posiciona de maneira forte ao aceitar pagamentos apenas por meio de cartão de crédito e PayPal.

A Cabify opera, atualmente, em sete cidades do Estado de São Paulo – São Paulo, Campinas, Santos, São Vicente, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santo André – e também em outras cinco capitais – Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).