Em breve, Google disponibilizará drones com internet grátis 0 8

Após criar carros que se conduzem sozinhos, óculos como o Google Glass, o Google resolveu ousar mais e criou um drone que oferecerá internet grátis. Temos atrás a companhia comprou a empresa Titan Aerospace. A Titan Aerospace era uma empresa bastante conhecida por produzir drones com capacidade de serem carregadas por energia solar.

E segundo informações, o Google já registrou duas aeronaves na Autoridade de Aviação Federal dos Estados Unidos. Então podemos dizer que o lançamento dos drones acontecerá em breve. O objetivo do Google é levar internet a lugares de difícil acesso e sem nenhum custo para os usuários. Isso porque a grande receita do Google são as publicações, então quanto mais pessoas usarem a internet, mais dinheiro entrará para o caixa da companhia.

Será que essa tecnologia virá para o Brasil?
Será que essa tecnologia virá para o Brasil?

Esse não é o único projeto do Google com esse objetivo, existe também o “Project Loon”, que é semelhante ao usado com drones, só que ao invés de usarem drones, é usado balões.

Saiba mais um pouco sobre o “Projecto Loon”!

“Projecto Loon” é um projeto de pesquisa e desenvolvimento que está sendo desenvolvido pelo Google com a missão de fornecer acesso à Internet para áreas rurais e remotas. O projeto usa balões de alta altitude colocados na estratosfera, a uma altitude de cerca de 32 km para criar uma rede sem fio com velocidade semelhante a de 3G. Por causa dos objetivos da missão aparentemente bizarros do projeto, o Google apelidou de “Projeto Loon”, como um trocadilho loon de baloon.

Os usuários do serviço se conectam à rede de balões usando uma antena especial de Internet ligada à sua residencia. O sinal viaja através de balão a balão, em seguida, para uma estação em terra conectada a um provedor de serviços de Internet (ISP), em seguida, para a Internet global. Pessoas-chave envolvidas no projeto incluem Rich DeVaul, arquiteto técnico-chefe, que também é um especialista em tecnologia wearable; Mike Cassidy, líder de projeto; e Cyrus Behroozi, líder de redes e telecomunicações.

Preparação do lançamento de um balão do "Projecto Loon"
Preparação do lançamento de um balão do “Projecto Loon”
Previous ArticleNext Article
Diego Rafael, criador do site ATUTEC, fundou o site em 2015 com propósito de informar o leitor das atualidades tecnológicas.E-mail: [email protected] Telefone: (47) 8809-7980

Comentar

Mastercard e Cabify oficializam parceria em Porto Alegre 0 325

A Cabify, plataforma focada em soluções inteligentes de mobilidade urbana, e a Mastercard anunciam mais uma parceria para oferecer descontos e também realiza ações de marketing em Porto Alegre (RS). Desta vez, o foco será o jogo de abertura das Eliminatórias da Copa do mundo 2018. O primeiro jogo acontece no dia 31 de agosto (quinta-feira) com a partida Brasil X Equador, na Arena do Grêmio.

Os motoristas parceiros da Cabify rodarão com os carros adesivados com os logos da plataforma e da Mastercard até dia 01/09. A campanha conta ainda com um código especial GOLDEPLACAMASTERCARD que permitirá 25% OFF, com desconto máximo de R$ 15, para até 10 corridas aos usuários de Porto Alegre que utilizam cartão Mastercard como método de pagamento. A ação é válida para corridas finalizadas até as 7 horas da manhã do dia 1 de setembro.

“A parceria entre a Cabify e a Mastercard trouxe resultados surpreendentes, por isso, retomamos a ação de forma estratégica para prover aos usuários da plataforma mobilidade nas viagens para os jogos das eliminatórias com conforto, segurança e praticidade na hora do pagamento, beneficiando tanto o motorista parceiro quanto o usuário”, afirma Nicolas Cañas, General Manager da Cabify em Porto Alegre.

A plataforma destaca-se pelo rígido processo de cadastramento dos motoristas parceiros, que inclui exames psicotécnicos e toxicológicos, e a exigência de carros novos, com ano a partir de 2012. Para garantir a qualidade de seu serviço, a empresa realiza palestras informativas com seus novos motoristas parceiros, onde orienta a respeito de legislação, direção segura e técnicas de atendimento para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível ao se deslocarem de um ponto a outro com a plataforma. Já no quesito segurança a Cabify também se posiciona de maneira forte ao aceitar pagamentos apenas por meio de cartão de crédito e PayPal.

A Cabify opera, atualmente, em sete cidades do Estado de São Paulo – São Paulo, Campinas, Santos, São Vicente, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santo André – e também em outras cinco capitais – Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).