Notícias

Em 30 anos será possível dar vida as pessoas mortas

01112028439117-t1200x480
Essa tecnologia promete mexer com o futuro bem próximo

Muitas pessoas ainda tem o sonho de ter a vida eterna, umas para acompanhar cada passo dos seus filhos, outras para aproveitar o que a vida tem de melhor e também pessoas que querem ficar junto com seu par para sempre, mas esse seu sonho parece que não está muito longe de acontecer segundo a HUMAI.

A empresa irá transportar o cérebro ‘seu’ para um corpo totalmente artificial, você será ‘você’ mesmo porém seu corpo não será igual de outra vida, isso tudo poderá acontecer durante 30 anos, essa transformação ganha o nome de ciborgue.

Para que você consiga ter uma vida normal como tinha antes, a HUMAI irá guardar a maioria das informações possíveis sobre sua vida, a intenção da experiência e não deixar passar nenhum detalha sobre sua vida. Os dados armazenados vão de sua maneira de conversar aos padrões comportamentais, o processo de pensamento e todos os mínimos detalhes a que eles tiverem acesso. Estes, por sua vez, serão incorporados ao corpo artificial, de maneira a imitá-lo com máxima precisão.

Você deve-se estar perguntando sobre seu cérebro que já faleceu mas  a empresa não é exatamente específica quanto ao que vai acontecer com ele, se limitando a dizer que “usando tecnologia de clonagem, nós vamos restaurar o cérebro enquanto ele matura”. Para quê ele deve “maturar”, se vamos continuar podendo interagir com as pessoas ou se nosso cérebro vai apenas servir de um enfeite para um autômato que imita nossas ações, isso não fica claro.

Energy flowing from cogs in man's brain through arm to pointing finger

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo