Universo

Conflitos adultos é o núcleo da série “Love”, da Netflix

Cena da série "Love", da Netflix

Nos anos 1990 e 2000, as comédias românticas tinham um ar doce e eram muito idealizadas, o que não acontece mais com as séries do gênero hoje em dia. As produções atuais costumam optar pela abordagem “real”, isto é, com pouquíssima abordagem da ficção.

Os personagens têm vícios e defeitos, vários por sinal, os relacionamentos e “junções” são bastante demorados para se desenvolver, são lotados de idas e vindas, ciladas e momentos constrangedores.

Na série “Love”, da Netflix, não poderia ser diferente; já no primeiro capítulo, após uma grande briga com a ex-namorada, o protagonista Gus atira pela janela do carro todos os seus blu-rays, e começa a culpar comédias românticas como “Uma Linda Mulher” por fazê-lo acreditar que o amor podia ser assim.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo