Carros

Carros autônomos são mais propensos a acidentes, saiba porque

De uns tempos para cá, a tecnologia automotiva vem facilitando muito a vida dos motoristas. Se antes os carros serviam apenas para levar as pessoas de um lado ao outro, hoje eles são praticamente uma casa sob rodas e por isso as empresas que produzem carros em parceria com gigantes da tecnologia, vem trabalhando e muito para que o carro autônomo, consiga ser uma realidade comum para todas as pessoas., Porém um dos maiores desafios e talvez o mais óbvio, é tornar o carro seguro. Não que ele não seja, mas de acordo com os dados divulgados, os carros autônomos são mais propensos a acidentes.

(Carro autônomo desenvolvido pelo Google)

(Carro autônomo desenvolvido pelo Google)

Claro que esses estudos não devem ser levados em consideração, tendo em vista que os índices de análise são desiguais. Basicamente é como você pegar 60 carros normais e 10 autônomos, então você diz que 70% dos carros autônomos se envolveram em acidentes e 30% dos carros comuns se envolveram. Na porcentagem esse número pode até ser alarmante, mas quando levado para o lado lógico, podemos ver que 7 carros autônomos se acidentaram – contra 12 carros normais. Mas embora esses estudos não sejam levados em conta, de fato ainda falta alguns complementos para que só então esses carros especiais comecem a transitar livremente nas ruas.

(Outras empresas também vem simpatizando com o carro autônomo, a Audi por exemplo)

(Outras empresas também vem simpatizando com o carro autônomo, a Audi por exemplo)

Para se ter uma ideia  73% dos acidentes envolvendo um carro automático ocorreram quando o veículo estava parado ou andando a menos de 10 km/h. E um outro dado bastante importante que é necessário ser levado em conta é que em nenhum dos acidentes registrado, a culpa do mesmo, foi de responsabilidade do sistema desenvolvido pelo Google, então logo supõe-se que as empresas trabalham para garantir que o carro automático consiga deixar de ser alvo de outros motoristas, já que em certa parte dos acidentes a culpa foi de outros condutores e não do carro em si. Embora use a palavra “autônoma”, esses carros são como avião, apesar de não precisar de um motorista/piloto. Ele é indispensável para o bom funcionamento da maquina.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo