Notícias

Brasileiros poderão ser afetados com limite de dados na internet fixa

20160201172954_660_420
Oi, Vivo e NET pretendem colocar limites na internet fixa

O que era bom está prestes a acabar, operadoras Oi, Vivo e NET anunciaram há um tempo atrás que seus planos de internet fixa ADSL, terão limite mensais a partir de 2017 assim como acontece com os planos de celulares.

Resumindo o artigo em um parágrafo, as operadoras poderão cortar ou reduzir a velocidade da internet quando o usuário atingir o limite. Atualmente, os planos de internet fixa são regulados por velocidade, e não há volume máximo de dados. Um consumidor pode baixar filmes, músicas e assistir vídeos o quanto quiser, pagando apenas pela velocidade com que esses dados trafegam. Com um limite de consumo, a experiência do usuário é seriamente prejudicada.

Está em dúvida ainda? veja como seria essa nova fórmula aplicada:

Se você é um assinante Netflix por exemplo, está totalmente descompensado, pois se você assistir o serviço de streaming por uma hora com a maior resolução você já conseguiu acabar com cerca de  3GB do seu plano.

Isso é permitido por lei?

Muitos brasileiros utilizam a internet fixa como serviços, atualmente são cerca de 25 milhões de assinantes que poderão ser prejudicados com essa nova mudança. O modelo de cobrança é regulamentado normalmente pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), assim como é permitido em contratos de redes móveis. As operadoras só precisam respeitar algumas exigências, como a de oferecer ao consumidor uma ferramenta para que ele monitore o volume de dados consumido em tempo real. Além disso, as empresas devem alertar o usuário quando ele estiver perto de atingir o limite contratado.

Alguns passos já foram dados para a defesa do consumidor, segundo o promotor Paulo Roberto Binicheski, essa opção é totalmente desvantajosa para o consumidor.

A proposta de alteração do sistema de cobrança reflete planos comerciais abusivos, com o propósito disfarçado de encarecer os custos de utilização da internet pelo usuário médio“, disse Binicheski em nota divulgada à imprensa.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo