Aplicativos

Apple não quis comprar a Lyft; entenda

empresa não quis levar a lyft (Foto:Reprodução)

O aplicativo de carros Lyft, considerado o segundo maior de todo os Estados Unidos acabou tentando arrumar um vendedor nos últimos meses, mas essa tentativa acabou sendo negada.

Segundo as informações do The New York Times, o grande motivo para que a compra da Lyft não fosse concretizada foi o alto valor cobrado pelo aplicativo de carros, segundo os interessados na compra seria algo que não traria lucro, pois a venda ultrapassava os US$ 1,4 bilhões.

Na tentativa de vender logo, a empresa acabou anunciando para  General Motors, Apple, Google, Amazon, Uber e Didi ChuXing sua venda, mas acabou não tendo interesse das empresas citadas acima.

Mesmo que a empresa esteja tentando ser vendida, todos os usuários que utilizarem seus serviços irão receber um Starbucks para começar o seu dia bem.

Recente

Topo