Notícias

Anúncios em formato Flash chegam ao final

Novo formato terá que ser adaptado nos anúncios

O Google tem feito uma decisão importante para o mundo da publicidade: não permitir que os anúncios em formato Flash em seus AdWords e plataformas DoubleClick de Marketing Digital.

De acordo com uma empresa em seu próprio perfil Google+, no dia 30 de junho será o último dia em que os anunciantes podem fazer upload de anúncios neste formato para essas plataformas. Eles continuam a ser distribuídos até 02 de janeiro de 2017, mas depois disso o único formato válido é HTML5.

O Google garante que os anúncios em HTML5 garantir a possibilidade de chegar a um público mais amplo através de muitas mais telas, já que este formato em si é reconhecido pela maioria dos sistemas operacionais e navegadores.

No passado, os serviços do Google, como YouTube usado formato Flash, mas o Google decidiu mudar para HTML5 no ano passado. Forçando os anunciantes para essa migração, a maior força da empresa de Internet para o desaparecimento final do Flash.

Steve Jobs, fundador da Apple, foi um dos principais adversários deste formato. Em 2010 ele publicou uma carta aberta intitulada Pensamentos sobre o Flash (Reflexões sobre Flash), na qual ele disse que este formato Adobe, original pouco moderna e menos fiável e seguro do que outros, tais como H.264, na moda este ano.

Em dezembro, o Facebook também tomou a decisão de optar por HTML5, colocando a sua parte para a morte do Flash, que se Adobe alertou vulnerabilidades graves de segurança por meses.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo