Amazon afirma que seus drones farão entregar em até 30 minutos 0 9

A empresa Amazon continua conseguindo progredir na sua tentativa de estabelecer a logística complicada que ajudariam seus drones a realizar entregas.

A empresa de comércio eletrônico agora tem uma boa idéia do quão forte seria os drones, bem como o tamanho da carga que levaria e quão longe você pode chegar, disse o vice-presidente global de políticas públicas, Paul Misener, em uma entrevista ao Yahoo comentou nesta segunda-feira, que os pacotes serão entregues no máximo 30 minutos após a ordem foi feita.

“As metas que estabelecemos são :. O escopo tem que ser mais de 10 milhas, essas coisas pesam cerca de £ 55 cada um, mas será capaz de entregar pacotes pesando até cinco libras”, disse Misener.

Muito do que a Amazon vende quedas dentro do limite de peso de cinco libras, disse o executivo.

A Amazon gerou manchetes ao falar sobre seu objetivo de um dia usando drones para as entregas, mas antes que isso aconteça, você deve primeiro cumprir uma série de desafios técnicos e regulamentares.Também não é provavelmente a única empresa a tentar. A empresa de courier DHL testou seus próprios “paquetópteros”, enquanto a gigante do varejo Wal-Mart tornou públicas as suas intenções de iniciar os testes em outubro zangão.

Enquanto isso, a Amazon, com sede em Seattle, tem sido ocupada desenvolvendo outros sistemas de distribuição mais mundanas para evitar que seus clientes têm que esperar um mínimo. O assinante de seu programa Prime em algumas partes da América agora você pode colocar ordens com os prazos de entrega de uma hora em muitos produtos, incluindo ordens de restaurantes para viagem. Através de seu novo programa de traço Replenishment, certos dispositivos conectados à Internet, como impressoras e máquinas de lavar roupa vai ser capaz de ordenar os seus próprios substitutos quando falta de tinta ou detergente, por exemplo.

No que diz respeito aos parasitas, Amazon está a trabalhar com diversos protótipos em simultâneo, de acordo com Misener. Isso ocorre porque a empresa é provável que use mais de uma modalidade, usando bastante diferentes drones que melhor se adequa ao ambiente em que operam cumprir, de cidades do deserto com tempo seco para locais no litoral ou em altitudes elevadas.

amazondrone

Previous ArticleNext Article
Rita Lemes, administradora do site ATUTEC, amante da tecnologia e viciada em séries da Netflix. Blogueira desde 2009 com passagem por vários sites de TV e se descobriu finalmente no mundo da tecnologia.E-mail: [email protected] Telefone: (14) 99178-8104

Comentar

Mastercard e Cabify oficializam parceria em Porto Alegre 0 304

A Cabify, plataforma focada em soluções inteligentes de mobilidade urbana, e a Mastercard anunciam mais uma parceria para oferecer descontos e também realiza ações de marketing em Porto Alegre (RS). Desta vez, o foco será o jogo de abertura das Eliminatórias da Copa do mundo 2018. O primeiro jogo acontece no dia 31 de agosto (quinta-feira) com a partida Brasil X Equador, na Arena do Grêmio.

Os motoristas parceiros da Cabify rodarão com os carros adesivados com os logos da plataforma e da Mastercard até dia 01/09. A campanha conta ainda com um código especial GOLDEPLACAMASTERCARD que permitirá 25% OFF, com desconto máximo de R$ 15, para até 10 corridas aos usuários de Porto Alegre que utilizam cartão Mastercard como método de pagamento. A ação é válida para corridas finalizadas até as 7 horas da manhã do dia 1 de setembro.

“A parceria entre a Cabify e a Mastercard trouxe resultados surpreendentes, por isso, retomamos a ação de forma estratégica para prover aos usuários da plataforma mobilidade nas viagens para os jogos das eliminatórias com conforto, segurança e praticidade na hora do pagamento, beneficiando tanto o motorista parceiro quanto o usuário”, afirma Nicolas Cañas, General Manager da Cabify em Porto Alegre.

A plataforma destaca-se pelo rígido processo de cadastramento dos motoristas parceiros, que inclui exames psicotécnicos e toxicológicos, e a exigência de carros novos, com ano a partir de 2012. Para garantir a qualidade de seu serviço, a empresa realiza palestras informativas com seus novos motoristas parceiros, onde orienta a respeito de legislação, direção segura e técnicas de atendimento para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível ao se deslocarem de um ponto a outro com a plataforma. Já no quesito segurança a Cabify também se posiciona de maneira forte ao aceitar pagamentos apenas por meio de cartão de crédito e PayPal.

A Cabify opera, atualmente, em sete cidades do Estado de São Paulo – São Paulo, Campinas, Santos, São Vicente, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santo André – e também em outras cinco capitais – Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).