Notícias

4G deve superar o 2G no Brasil ainda em 2016

4g
4G dever superar o 2G no Brasil ainda este ano

 No mês de janeiro a tecnologia LTE 4G foi a única que apresentou sólido crescimento no Brasil, segundo balanço da Anatel divulgado nesta sexta, 11, o crescimento se deu em um ritmo médio de 1,692 milhão de acessos novos por mês nos últimos 12 meses.

Se o ritmo atual do mercado continuar, a previsão deste noticiário é de que a base 4G vá superar a de 2G em agosto. Vale lembrar, entretanto, que a projeção é baseada na média histórica anual, e que 2015 mostrou forte influência do fim do efeito comunidade e de limpezas de base nas operadoras em dezembro.

Quando olhamos para o mês dezembro, a tecnologia LTE foi praticamente a única que cresceu: 2,614 milhões de adições líquidas (ou 10,27%), o que totaliza 28,060 milhões de conexões em janeiro. No ano, foram 20,3 milhões de adições líquidas, um crescimento de 262%.

No caso de uma avaliação do crescimento das três maiores operadoras os números foram todos muito próximos: 782,8 mil para a Vivo (aumento de 8,19%), 733 mil para a TIM (10,31%) e 647,1 mil para a Claro (14,53%), 417,2 mil para a Oi (11,89%), e a Nextel com 852,4 mil (4,14%). Ou seja podemos concluir que a Vivo começou o ano rompendo a barreira dos 10 milhões de acessos LTE – 10,338 milhões, mais exatamente.

O que ficou claro também é que a tecnologia 2G está despencando, apresentando recuo de 2,36% no mês (1,559 milhão de linhas), total de 64,431 milhões. No intervalo de 12 meses, já se trata de uma queda de 40,7%, ou 44,222 milhões de desconexões. Já a 3G recuou 1,04% (1,543 milhão de acessos), embora ainda seja a maior base brasileira, com um total de 147,575 milhões.

Você deve estar logado para postar um comentário. Login

Deixe uma resposta

Recente

Topo